quarta-feira, 16 de novembro de 2016

NOVA PÁGINA: CLP DE BARCELONA

Caros amigos,

O CLP tem uma nova página, que foi criada em parceria com a UAB. Venham visitar-nos!
 
                                   
  http://pagines.uab.cat/centrodelinguaportuguesacamoes/















Comemoração do nascimento de José Saramago



“COMO É QUE UMA ILHA PODERÁ SER A UTOPIA QUE HÁ EM CADA UM DE NÓS?”

A Fundação José Saramago comemora, no dia 16 de novembro, o nascimento de José Saramago com a apresentação da encenação de um texto  do autor, intitulado O Conto da Ilha Desconhecida. Um conto lindíssimo, irónico e  terno.



Mais informações:  http://www.acert.pt/trigolimpo/registo.php?id=76





segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Os 12 melhores livros portugueses dos últimos 100 anos

A Estante convidou um júri de cinco elementos, composto pela jornalista Clara Ferreira Alves, o crítico Pedro Mexia, o professor catedrático Carlos Reis, o editor Manuel Alberto Valente e a jornalista Isabel Lucas, para eleger os 12 melhores livros portugueses dos últimos 100 anos. Este é o resultado.

Por: Catarina Sousa | Ilustração: Gonçalo Viana | Fotografias: Bruno Colaço/4SEE

AO LONGO DE DEZ EDIÇÕES a revista Estante tem vindo a entrevistar muitos autores portugueses, explorando várias temáticas nas quais a língua portuguesa surge como pano de fundo. Tínhamos desde o início uma vontade que transformámos em desafio e materializámos em iniciativa: eleger os melhores livros portugueses.
Não procurávamos uma lista demasiado extensa. Queríamos que os decisores fossem pessoas dos mais variados quadrantes, mas personalidades respeitadas e conhecedoras do mundo da literatura em Portugal. Cinco pessoas aceitaram o nosso convite: o professor e ensaísta Carlos Reis; a jornalista e escritora Clara Ferreira Alves; a jornalista Isabel Lucas; o editor da Porto Editora, Manuel Alberto Valente; e o crítico literário e assessor cultural do Presidente da República, Pedro Mexia.
O desafio não se adivinhava fácil: escolher os melhores livros portugueses dos últimos 100 anos. Contudo, reunidos à volta de uma mesa, a escolha foi até bastante rápida.
O júri selecionou os melhores livros portugueses dos últimos 100 anos, restringindo a escolha a obras de ficção narrativa publicadas entre 1 de janeiro de 1916 e 1 de janeiro de 2016. A eleição recaiu sobre os 12 livros que se apresentam abaixo, sem qualquer ordem a não ser a alfabética.
Curiosamente, entre os autores dos livros selecionados apenas dois estão vivos: António Lobo Antunes e Agustina Bessa-Luís. Deixamos mais informação sobre cada um destes livros que ajudam não só a justificar a escolha do júri, mas a enquadrar a importância de cada uma das obras na literatura portuguesa dos últimos 100 anos.

http://www.revistaestante.fnac.pt/os-12-melhores-livros-portugueses-dos-ultimos-100-anos/

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Concerto de Cristina Branco em Barcelona

Os organizadores do concerto de Cristina Branco em Barcelona ativaram um código promocional para os amigos do CLP. Podem ver como aproveitar este desconto na seguinte imagem:


quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Boaventura de Sousa Santos: Tercera edició del cicle D.O. Europa



Moviments socials i democràcia. És possible una nova Europa? 

Tercera edició del cicle D.O. Europa, amb converses amb pensadors i intel·lectuals internacionals que busquen comprendre millor aquesta construcció social, econòmica, institucional i d’identitat compartida que és Europa, així com els valors que porta associats.


Boaventura de Sousa Santos (Coïmbra, Portugal, 1940) És doctor en Sociologia del Dret per la Yale University i professor catedràtic de Sociologia de la Universidade de Coimbra. Es director del Centre d’Estudis Socials i del Centre de Documentació 25 d’Abril d’aquesta mateixa universitat. A més a més, és professor distingit de l’Institute for Legal Studies de la University of Wisconsin-Madison. Se’l considera un intel·lectual amb reconeixement internacional en l’àrea de les ciències socials, popular al Brasil per la seva participació en diverses edicions del Fòrum Social Mundial. Ha publicat treballs sobre globalització, sociologia del dret, epistemologia, democràcia i drets humans.
Com sempre, la periodista Mònica Terribas actuarà com a comissària i conductora.

http://elbornculturaimemoria.barcelona.cat/activitat/boaventura-de-sousa-santos/