terça-feira, 26 de novembro de 2013

África na EOI

De 27 a 28 de novembro irá decorrer, na Escola Oficial d'Idiomes de Barcelona-Drassanes as Jornadas Culturais 2013 intituladas Canta, conta e dança África em Português. No programa há música, cinema e conferências.


Estas jornadas são organizadas pela Escola Oficial d'Idiomes de Barcelona - Drassanes com a colaboração da TAP Portugal.

Podem consultar o programa de atos AQUI.
Escola Oficial d'Idiomes de Barcelona – Drassanes
Av. Drassanes 14 (como chegar)
08001 Barcelona

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

“O Direito ao Futuro – Ensaísmo e Pensamento Cívico em Portugal e na Catalunha”: apresentação em Barcelona







Depois da apresentação em Lisboa durante o Colóquio “O Direito ao Futuro – Ensaísmo e Pensamento Cívico em Portugal e na Catalunha”, onde estiveram reunidos vários ensaístas portugueses e catalães, o livro coletivo publicado pela editorial Húmus (2013) será apresentado na Catalunha. 

Esta obra, editada em conjunto pelo Instituto Ramon Llull e o Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras de Lisboa, tem como principal objetivo refletir sobre a situação atual e as perspetivas de futuro dos povos da península Ibérica, partindo das reflexões políticas e culturais de alguns dos grandes escritores do século XX, tanto portugueses com catalães.

Doze autores contemporâneos, coordenados pelo escritor e professor Gabriel Magalhães e Fátima Fernandes da Silva (investigadora do CEC), interrogam-se sobre a obra de alguns dos autores clássicos mais relevantes do século passado na Catalunha e em Portugal. As ideias dos autores clássicos servem de ponto de partida para a exposição de alguns pontos de vista dos autores comissionados, dando origem a novas perspetivas e leituras do momento atual.  

Eis os nomes dos autores portugueses e catalães que participaram nesta obra:
Victor Martínez-Gil (Joan Maragall), António Cândido Franco (Teixeira de Pascoaes), Norbert Bilbeny (Eugeni d’Ors), Onésimo Teotónio de Almeida (Fernando Pessoa e os seus heterónimos), Enric Juliana (Agustí Calvet, “Gaziel”),
Antonio Sáez Delgado (Almada Negreiros e as vanguardas), Xavier Pla (Josep Pla), Fernando Paulouro Neves (Miguel Torga), Josep Maria Fradera (Jaume Vicens Vives), Isabel Araújo Branco (José Saramago), Josep M. Terricabras (Josep Ferrater Mora), e  Miguel Real (Eduardo Lourenço).

As reflexões sobre ideias já clássicas da nossa cultura, assim como o debate coletivo que se pode gerar a partir delas, reveste-se de um interesse especial, num momento em que os povos peninsulares se encontram num verdadeiro impasse histórico, coincidente com uma crise profunda do processo de construção europeu.

O livro será apresentado no próximo dia 19 de novembro (terça-feira). O evento terá lugar às 19h no Centre Cultural de La Pedrera, situado no Passeig de Gràcia de Barcelona, e será realizada uma mesa-redonda que contará com a presença de Enric Juliana, Norbert Bilbeny, Gabriel Magalhães, Fátima Fernandes da Silva e Alex Susana.


É possível aceder a mais informação sobre a apresentação da obra em Barcelona carregando aqui

A apresentação é pública, pelo que estão todos desde já convidados.